“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

Tumblr_m3bypvxdax1r9ttaro1_500_large

Apaguei um ano inteiro de posts. Nem me tinha apercebido da tralha que se acumula em tantos textos.

Deixou de fazer sentido tê-los aqui, e até há tantos mais para apagar. Já não se sente o que se sentia naquela altura. Em algum ponto há uma viragem.

Com quatro anos de posts e de vida aqui retratados, acho que até eu já me cansei de mim.

Uma paragem na escrita ou somente um até já.

Talvez eu volte um dia, afinal nunca nada é definitivo.

 

 

 (novo blog através daqui: miuda_s@sapo.pt)

miúda* às 21:13
tags: ,

Sábado, 28 de Abril de 2012

One-day-emma1_large

Por vezes continuamos a amar certas pessoas mais do que deviamos.

Mas há sempre um ponto, para o melhor ou para o pior, em que independentemente do quanto amamos não conseguimos mais gostar.

Dependemos de nós e do quanto queremos ferozmente continuar de coração no peito.

As saudades, o amor, as memórias e as carências, os segundos e as horas intermináveis que cabem num amar por vezes são insuficientes para  gostar e querer ficar quando tudo nos diz para partir.

 

miúda* às 16:21

Terça-feira, 07 de Junho de 2011

Tumblr_lf6bu4euc91qfl3z3o1_500_large

Os mapas da vida nem sempre são os mesmos. Não interessa se estamos lado a lado com alguém ou de frente para o caminho. Ficaríamos surpreendidos com a quantidade de rotas possíveis e imagináveis que nos cercam.

Há viagens que precisamos fazer sozinhos. Partes do caminho para sonhar, rir, chorar, amar e seguir. Porque é assim.

Um dia encontramo-nos. Um dia, porque não faço previsões.

 

miúda* às 00:39