“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Sábado, 28 de Janeiro de 2012

Friends-football-picture_large

Uma tarde com o pessoal a TENTAR jogar futebol.

Qual Cristiano Ronaldo qual quê, a coisa promete.

 

miúda* às 11:03

Sábado, 01 de Outubro de 2011

Nike Stadium/ Nabil Elderkin

Adoro ir aos jogos, fico com taquicardia em certos momentos e dá-me vontade de chamar nomes aos árbitros e fiscais de linha quando são mais cegos que os marcadores que lá tenho em casa perante um fora de jogo clarissímo! 

Definitivamente não é bom para mim ir ao futebol!

 

miúda* às 23:18

Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Vai uma pessoa ao futebol, preparada para desfrutar do espectáculo e com tanta porcaria de lugar tinha de vir para o meu lado um homem asqueroso! Uma autentica imitação barata e ainda mais deprimente que o Zézé Camarinha.

Ele era cabelinho cheio de gel, óculinhos Rayban espelhados, bigodinho… toda uma panóplia de elementos me despertaram vómito mal olhei e o vi a dirigir-se na minha direcção.

Passou o jogo todo a gritar-me aos ouvidos, a deitar o fumo do tabaco para cima mim e a empurrar-me como se não houvesse amanhã!!

Perdi as estribeiras, virei-me ao homem numa raiva verbal mas a única coisa que consegui foi uma fracassada e deprimente tentativa de engate por parte do dito e a risota geral do público envolvente. Após muita insistência de espaço entre mim e o dito monstro sai dali e optei por um fim de jogo confortavelmente instalada na escadas e longe daquele pesadelo.

E ainda me pergunto porque não vou mais ao futebol… Isto só comigo!!

 

miúda* às 23:17
:
tags:

Sexta-feira, 08 de Janeiro de 2010

Estava eu naquela fila como já tantas vezes estive quando numa conversa de momento o senhor me diz muito seriamente:

“É do Sporting? É a primeira mulher bonita sportinguista que conheço!!”

 

Esbocei um sorriso.

E procurando ser fiel á seriedade dele retorqui que o que ai não falta são mulheres lindíssimas sportinguistas e que eu não sou bonita, sou comum.  

Ele olho-me incrédulo, eu paguei e vim embora deixando atrás de mim uma gargalhada quando o senhor e os dois rapazes atrás de mim me olharam como se eu fosse de outro mundo.   

 

 

Há momentos assim.

 

miúda* às 21:32
: