“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Terça-feira, 03 de Janeiro de 2012

Na teoria é tudo um máximo, brilhante, fantástico, maravilhoso.

Na prática é uma caixa de ferramentas sempre á mão, um nó no estômago do que é que vai dar e uma caixa de primeiros socorros a jeito por vi das dúvidas.

O caminho entre ambos é o problema.

miúda* às 00:23
tags: ,

Quinta-feira, 02 de Junho de 2011

Um não saber que dizer que fazer ou desejar não estar. Dar azo à imaginação apenas porque se tem de mostrar ocupação quando o momento se entedia.

São dedos que palpitam ferozes sobre o teclado tentando fazer ver que aqui há acção. Um cérebro que funciona a mil à hora e tropeça repetidamente pelo caminho numa vã tentativa de alcançar aquilo onde não se consegue chegar de tão ausente que está.

 

 

miúda* às 15:35