“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Quarta-feira, 11 de Abril de 2012

Tumblr_m1m5nil2eo1qllqvno1_500_197339751_large

Uma clareza idónea que faz mal.

Uma certeza plena que dói.

Um conhecimento premonitório que dilacera.  

Uma vontade cega de mandar tudo isso à merda e fazer mesmo assim.

 

miúda* às 01:53
tags: , ,

Domingo, 08 de Abril de 2012

Driving-fast-at-night_892_large

Conduzo naquela estrada estreita que escorre e se perde qual rio  por entre a serra densa de árvores.

É noite de luar. Uma lua farta que ilumina tudo como uma luz de presença a criar sombras tenebrosas.

Piso o acelerador até não poder mais, não sou mais eu mas um vazio de movimentos mecânicos.

Sinto o carro fugir, descontrolado, numa curva demasiado apertada e assim me deixo ir a deslisar estrada fora em contramão até quase cair no precipício fundo lá em baixo, ficando imóvel parada a olhá-lo de frente. Inspiro e expiro como se a dor fosse feita de ferro e acelero veloz uma vez mais. Perdi-me algures do meu corpo. Há partes das quais não se sabe abrir mão.

E quando nos sentimos afundar aos poucos lá fora ninguém sabe. É o som de perder o que nunca se encontrou.

 

miúda* às 03:41

Sexta-feira, 09 de Março de 2012

Tumblr_lnw65iim9h1qffjtbo1_500_large

Já houve inconformidade antes, mas como se não bastasse mais um abanão a ver o que acontece. 

Ninguém tem o direito de pôr nos ombros de alguém a responsabilidade de casar ou não, com um simples sim de outra pessoa que nunca sentiu mais que amizade e sempre o frizou.

Mais, ainda, dói aceitar que passado tanto tempo diga num acesso de loucura extrema que quer trair a mulher e coloque de novo a pessoa em cheque. Nada mudou desde aquele não redondo. Nada se alterou no que quer que se diga, sinta ou pense.

É preciso virar costas e esquecer o que não passou mesmo de um acto irreflectido.

Às vezes é preciso repensar amizades, não pelo que se tem definido, mas pelo que os outros não conseguem definir.

 

miúda* às 01:41

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Tumblr_ltvo7uz63p1qfy4uno1_500_large

Se um dia destes me encontrarem escancarada num chão qualquer, já sabem o que aconteceu.

Deêm-me um abanão daqueles bem fortes, que com alguma sorte a terra volta a girar no seu eixo normal e eu volto a girar com ela até que me apareça outro patético e desengonçado par de asas.

 

miúda* às 23:55
tags: , ,

Quinta-feira, 20 de Outubro de 2011

307215_133407216760409_100002733937109_118288_559721799_n_large

Porque cada vez o futebol me deixa mais de coração nas mãos.

Da outra vez foi a cabeça partida. Desta vez ficou com um dente fora do sitio, outro dente partido, pontos no lábio, nas gengivas, nem vale a pena a descrição...

Raios parta o futebol, um dia destes o meu irmão mata-se em campo e eu depois mato-o eu por fazer isto!

 

 

 

miúda* às 18:56
tags: ,