“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Quarta-feira, 02 de Maio de 2012

Tumblr_m2k8y1pvqz1qe0mnlo1_500_large

Saio com umas amigas com que não estava á algum tempo e de permeio numa das conversas no bar entra um grupo de conhecidos. “Já dei umas voltas com aquele” diz uma delas baixinho. Passado um pouco chama de novo a atenção “estão a ver aquele ali de camisola azul e olhos verdes? Aquele que está a falar com o que dei umas voltas, também já me diverti com ele”. Fala baixinho mas de olhar confiante. E, nisto, alguém lhe pergunta pelo X e ela responde descontraidamente que é não é nada sério, é apenas para dar umas voltas, perante o olhar escandaloso de umas e o ar de “és a minha heroína” de outras. Assisto é cena sem conseguir evitar sorrir e faço as contas mentais às aventuras que lhe sei e às que provavelmente nunca irei sequer suspeitar. Lembro-me duma á uns anos naquele jantar em que o A trouxe dois amigos para conhecermos. Ninguém sabia onde ela se tinha enfiado quando de repente ela aparece com um dos amigos meio despenteados e esbaforidos vindos de um dos quartos.  

Admiro a sua descontração de levar a vida mas não lhe invejo nada.

Ela é feliz assim e condena-me porque não faço o mesmo que ela. Que tenho 24 anos e não estou a aproveitar a vida. Talvez, mas ter aventuras de uma noite para mim nunca será a minha forma de aproveitar a vida, há mais para além de noites em que se deita acompanhada e se levanta sozinha.

miúda* às 03:29

Terça-feira, 10 de Abril de 2012

X_6d4df78c_large

O facebook é um lugar tão despropositado para mandar indirectas numa espécie de código que se supõe que mais ninguém vai perceber.

Se fui convencida ao achar que não sendo para mim me metia ao barulho? Talvez, mas dado os antecedentes e intervenientes em conversação é coincidência a mais e de acasos parvos está o mundo cheio.  

 

miúda* às 01:10

Domingo, 04 de Março de 2012

crazy, cute, happiness, happy, smile

Tinha saudades de noites assim, a rir. Muito de tudo e de mim mesma.

E orgulho-me tanto da minha capacidade de rir de mim mesma, da leveza que acarreta quanto nos sentimos vivos.

Conseguir encontrar aquele toque de felicidade em pequenos pontos que nos fazem todos os dias. Às vezes estar bem-dispostos é o qb necessário para que nos sintamos bem por muito que chova lá fora a bom chover.

Quem disse que a chuva não sabe ser uma dádiva?

 

miúda* às 15:35
tags: , ,

Sábado, 28 de Janeiro de 2012

Friends-football-picture_large

Uma tarde com o pessoal a TENTAR jogar futebol.

Qual Cristiano Ronaldo qual quê, a coisa promete.

 

miúda* às 11:03

Quinta-feira, 12 de Janeiro de 2012

Tumblr_lxp8drcz431r5uwsgo1_1280_large

"Sem dúvida, a morte não fazia parte da natureza, mas tornou-se natural; porque Deus não instituiu a morte ao princípio, mas deu-a como remédio. Condenada pelo pecado a um trabalho contínuo e a lamentações insuportáveis, a vida dos homens começou a ser miserável. Deus teve de pôr fim a estes males, para que a morte restituísse o que a vida tinha perdido. Com efeito, a imortalidade seria mais penosa que benéfica, se não fosse promovida pela graça."

Santo Ambrósio

 

Morreu o avô de um amigo. Quando fui fazer-lhe companhia junto á casa mortuária não fui lá dentro olhar o corpo. A memória que tenho do senhor sorridente a passar por mim ao volante da sua volkswagen bimbo é a última memória que quero ter.

Devemos sempre guardar as imagens mais felizes.

 

 

"Viver nos corações que deixamos atrás de nós, isso não é morrer."

Thomás Campbell

miúda* às 23:51
tags: ,