“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Sexta-feira, 01 de Abril de 2011

Z217525658_large

Muitas vezes.

A realidade e a ficção definidos nos limites de uma linha ténue que nunca conseguimos traçar bem.

São as nossas acções, como vemos o mundo ou tão somente os pensamentos a que nos dedicamos afincadamente? O tudo e o nada compactado na imagem que se reflecte num espelho em frente a nós...

 

miúda* às 21:56
tags: ,

Domingo, 20 de Fevereiro de 2011

Tumblr_lgkxopmhwh1qcbx4yo1_400_large

 

Gosto de ficar assim a observar de longe cada gota que posso sorver do horizonte.

Ter sonhos, gostar deles, alimentá-los  e tratá-los é algo que dá muito trabalho mas dá mais gozo ainda que deixá-los morrer sem ter sequer olhado em frente uma única vez.

Olhar para trás todos olhamos sistematicamente, o medo do futuro a isso nos impele, está-nos nos genes. Mas em frente é que está a nevoeiro e a turbolência que nos leva a viver cada segundo miraculosamente.

 

 

miúda* às 23:35

Quarta-feira, 02 de Fevereiro de 2011

My Last Night Dream / Nurul Adhy

Sonhei com a última pessoa que queria.

Merda.

 

miúda* às 10:46

Quarta-feira, 12 de Janeiro de 2011

Tumblr_lc3rgamrxn1qc2pjso1_500_large

Ter sonhos é relativo.

Fazer algo por eles e para eles é construir pedaços de vida.

E eu já comi um desses pedaços, tão ferozmente que só restaram migalhas para contar a história. 

Mas tenho a certeza que com a receita certa, dessas migalhinhas vai sair daqui uma sobremesa que é um sonho... Acreditar é isso mesmo.

miúda* às 10:03
tags: ,

Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

 

Sonhei com a imagem da carne e osso que me partiu o coração há muitos anos atrás. 

O primeiro amor marca sempre, às vezes até demais.   

Já passou tanto tempo desde que o vi pela última vez e por muito que puxe pela cabeça não me lembro da última conversa que tivemos.  

Os sonhos são miragens demasiado traiçoeiras...

Hoje iludiram-me na visão da vida que não tive. Algures no pretérito um simples virar á direita quando devia ter virado à esquerda faz toda a diferença...

 

miúda* às 22:37
: