“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

//subscrever feeds

Posts

Quarta-feira, 26 de Outubro de 2011

Whathappens_large

 

Às vezes, contra todas as probalilidades, de dar errado nós mantemos-nos firmes no propósito.

Se jogarmos pelo seguro das percentagens nunca saberemos até onde podiamos ter ido por acreditar que o medo é maior que a nossa vontade.

Loucuras procuram-se, motivos também.

 

 

miúda* às 20:33

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.