“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Quinta-feira, 06 de Outubro de 2011

Tumblr_lsdhpi4bqa1qc6czfo1_500_large

Nunca eide percerber as razões pela qual eu ainda argumento, bato pé e armo caos de ir e voltar.

As coisas são básicas, num preto no branco que às vezes insisto em ver numa escala de cores de primárias.

Mas querer acreditar parece simplificar tanto as coisas.

 

miúda* às 11:10