“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Segunda-feira, 25 de Julho de 2011

 

Viciei-me na vida e nas pessoas à pouco tempo. E não há vicio melhor.

Temos tanto para ver que simplesmente existir é das melhores sensações. Aquele inebriar de ficar quieta a ver as pessoas que passam e a imaginar a história que lhes balança no corpo.

Estamos a ser observados, sempre. E não é isso um sinal que a nossa presença vale?

 

miúda* às 00:42
tags: ,