“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Terça-feira, 28 de Junho de 2011

Não devemos olhar para trás, mas fazêmo-lo. É como se quisemos aprender com o que foi feito, mas falo por mim ao dizer que raramente levo isso adiante. Gosto de seguir com o coração na boca pronto a sentir a seu belo prazer sem ligar ao que foi dito, feito e conseguido.  Mas isso sou eu.  

 

miúda* às 13:39
tags: ,