“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Sábado, 25 de Junho de 2011

Tumblr_lds508niom1qcl1vfo1_400_large

“Quando não nos integramos, tornamo-nos sobre-humanos. Sentimos os olhos de toda a gente fixos em nós, colados como velcro. Conseguimos ouvir um sussurro sobre nós a um quilómetro de distância. Podemos desaparecer, mesmo que pareça que ainda estamos ali mesmo. Podemos gritar sem que ninguém oiça um som. Transformamo-nos no mutante que caiu na cuba de ácido, o joker que não consegue tirar a máscara, o homem biónico a quem faltam todos os membros, mas tem o coração inteiro. Somos a coisa que costumava ser normal, mas isso foi há tanto tempo, que já nem sequer conseguimos lembra-nos dessa sensação.”

 

Jodi Picoult  in Dezanove minutos

 

miúda* às 22:38
tags: