“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Perfil

//mais sobre mim

Arquivo

Posts

Segunda-feira, 03 de Janeiro de 2011

Tumblr_ldk5pg2m3p1qa8nzpo1_400_large

Se acredito em Deus? Acredito em algo superior que nos segue bem de perto.

O que vale a Igreja? Para mim muito pouco já. E cada vez menos. Uma mãe dirigiu-se ao Padre para pedir que lhe baptizasse os dois filhos gémeos. O Sr. muito prontamente disse que só lhe baptizava um dos filhos porque ela era mãe solteira.  Pelos vistos para se ter filhos é preciso estar casada com o pai das crianças e para os baptizar a ambos também. Se forem gémeos paciência, só se pode dar a bênção a um que o outro não é filho de Deus.

É a Igreja que temos.

miúda* às 09:31

Princess_Numnim

miúda* às 01:50
tags:

Domingo, 02 de Janeiro de 2011

Tumblr_le0a0egjmz1qfippxo1_500_large

 

Nota pessoal ao Meu Coração:

 

Meu doce e querido Coração estamos mal... estamos... temos as nossas contas mal paradas...

Onde está o ladrão de corações que há tanto tempo te peço?? E a minha dose de felicidade para partilhar a meias?! Ou os meus beijos que hão-de ser roubados e os miminhos que me andam por aqui a saltitar na pele sem rumo certo?!

É só coraçõezinhos por tudo quanto é sitio e comigo nada!

Que se passa contigo? Conta-me lá as tuas mágoas... Foi o que te fiz sofrer? Mas a culpa foi tua, tu é que és parvo! (desculpa, vá lá, só digo o que penso e tu sabes que não sei mentir)

Enfim, eu juro que tento entender-te. Podes dar-me aquelas borboletas malucas na barriga, a taquicardia no peito, o cérebro em geleia que só me faz dizer disparates e fazer coisas ainda piores... podes dar-me isso tudo que eu prometo que não me chateio contigo por mas dares sempre pelas pessoas erradas. Mas lá está, tem de ser por uma em condições desta vez. Prometes? Já mereço não achas? Verdade seja dita, aqui que ninguém nos ouve, foste mauzinho comigo. Tantos biliões de pessoas no planeta e ressentiste-te logo por um exemplar sem ponta por onde se lhe pegue. Sim, porque eu ainda hoje estou para descobrir o que me atraiu nele... O "todo" dirás tu e "a falta de juizo" direi eu. Afinal por mais que o junte, que o separe às peças. que o rodopie ou que o olhe de esguelha pela esquerda, direita, de cima ou de baixo não tem um ponto de interesse e que se diga "aquilo vale alguma coisa"... (tens de concordar comigo é inevitável e tu sabes)

Estás a falhar-me, amado Coração!

Vê-la se dás corda às sapatilhas, fazes das tripas coração, fazes o pino ou danças o fandango estou-me nas tintas para a solução que vais arranjar, agora trabalha-me é em condições!

É que uma pessoa depende de ti para funcionar e com tantas demonstrações de azelhice em cada tiro cada melro às minhas paixões começo a ficar seriamente preocupada que estejas avariado sentimentalmente (sim de resto funcionas bem e és um lindo menino, adoro-te).

Agora só tens de ser bonzinho e apaixonares-te. Não é dificil, já o fizes-te antes sabes como funciona...(tens mesmo de saber tu porque eu ainda não consegui perceber os padrões que usas) 

Mexe-te, é um pedido que te faço tão tão, mas tão mesmo encarecidamente!

 

Com muito amor e carinho,

 

                                                                    O corpo humano onde habitas

miúda* às 02:47

Sábado, 01 de Janeiro de 2011

Josie.

Os melhores momentos estão guardados para aqueles que os sabem sentir.

Coração cheio e bagagem arrumada onde pertence.

Não quero deixar pontas soltas. Não há nada que prenda a minha atenção no que foi. Só quero o que será e pretendo goza-lo até ao mais infimo do meu ser.

Não sei ser sem deambular na descoberta do beber dos sentidos.

A noite é para quem não soube agradar ao que já passou. E o acordar é para lembrar os sonhos que se fizeram à estrada e apanham boleia do desconhecido.

Um erguer forte de palavras e quereres na beleza de um corpo nu e cirandar feliz.

miúda* às 11:53