“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Terça-feira, 27 de Abril de 2010

Há pessoas que não conseguem ceder ao orgulho de pedir ajuda.

Poderiam estar para morrer mas antes isso ou pedir a ajuda a meio mundo que morder a soberba de dirigir a palavra a alguém especifico, que lhes entrou no pretérito mais do que queriam.

 Não é orgulho mas cobardia.

E eu não tenho e não quero ter espaço para tal na correria dos meus dias.  

Talvez a vida lhes ensine, um dia, que pedir ajuda a quem nos foi próximo na distância é um acto de humanidade, afinal não se é feliz sozinho, e o mundo está mais enrodilhado em laços e nós do que se supõe. 

A vida dá muitas voltas, e se há coisa que me ensinou, é que nos coloca o mesmo erro vezes e vezes sem conta até termos o discernimento de aprender com ele, por muitas cabeçadas que dê profundas na fortaleza de um pensamento cruel ou na dureza de um coração partido.    

 

 

miúda* às 00:15
:

Acho que o orgulho é como uma grande parede intransponível, um vidro baço e inquebrável... é duro, porém solitário... bjssss
Closet a 27 de Abril de 2010 às 01:22

Coitados dos que se escondem dentro dele... Tenho mais pena que outra coisa, há pessoas que não sabem lidar consigo mesmas e põe a culpa nos outros mantendo-os á distancia como meio de precaução dos seus próprios actos...

bjinhossss
miúda* a 28 de Abril de 2010 às 17:01

Orgulho é bom quando se tem de nos e dos outros porem tudo o que e em excesso demasia. E nao convem deixar.mo.nos guiar por ele e fazer o que tiver de ser feito com ou sem ele. (:
Paula a 27 de Abril de 2010 às 03:07

O orgulho é uma faca de dois gumes, tudo depende do meio como é manejado :)
miúda* a 28 de Abril de 2010 às 17:01

Sim por isso é que e tao bom como mau. Contudo é sempre bom ter ainda que nos custe dar a mao a torcer e bom te.lo. No fundo é como o ego e a auto estima é sempre bom ter e haver um equilibrio. Tal como tudo (:
Paula a 28 de Abril de 2010 às 17:26

Nao concordo quando dizer que é cobardia, considero ser mais orgulho, pois por vezes torna-se dificil a quem sempre se mostra forte admitir que tambem tem momentos de fraqueza.
Contudo, agora leva-me a pensar noutra coisa, que é a falta de confiança/coragem, e aí talvez ja aceite o termo cobardia...:)
P.R. a 3 de Maio de 2010 às 15:28