“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Sábado, 16 de Janeiro de 2010

 

 

Se numa suposição acreditar que alguém que amo padece de cancro e desejar por tudo e numa arte mágica transferir a doença para mim para que esse alguém não tenha de sofrer, estarei eu a ser egoísta?

Porque a dor em nós parece sempre menos penosa que vê-la nalguém que amamos mais que a nós mesmos.

Sou egoísta a esse ponto.

Há pouca coisa na vida que tenha valor, e recuso-me a perder as que tenho.

 

Espero um milagre, porque é possível… e tudo isto é somente uma suposição...

 

miúda* às 16:36
:

É egoísmo, é auto-preservação. Preferimos tudo a perder os que amamos, qualquer dor perto dessa parece uma benção. Mas nada de desesperos, tudo (TUDO) é possível. Digo-te eu, que tive uma mãe sem esperança há 20 anos e não se sabe bem como, deu a volta e escapou a todos os monstros.
Ventania a 17 de Janeiro de 2010 às 10:19

Sim tudo é possivel e eu acredito na força de se crer nisso...

***
miúda* a 18 de Janeiro de 2010 às 03:37