“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Segunda-feira, 23 de Abril de 2012

306526_289424214475312_225906550827079_682043_882390217_n_large

Aquele momento em que depois de te atirares para cima da cama com vontade de dar um tiro na cabeça ficas a romoer o "corta" que tens de dar na tua vida mas que por algum motivo insano insiste em permanecer inteiro.

Sempre se ouviu dizer que se não fores não sabes até onde a coisa pode ir. Alguma lógica há-de ter ou vai dai não e quando a cabeça não tem juízo o corpo é que paga.

 

miúda* às 00:46
tags: , ,