“Que a errar, seja por agir e não por ceder ao receio. Que seja por arriscar voar e não por esperar que o vento mude.”

Posts

Quinta-feira, 12 de Abril de 2012

Tumblr_lwmv0r2kl51r851u1o1_500_large

Hoje cheguei à conclusão outra vez que as pessoas quase só me reconhecem pelo meu cabelo. Sair de casa com o cabelo apanhado num totó deixa-me uma pessoa totalmente diferente do normal.

Fui à padaria onde normalmente vai a minha mãe e que eu vou mais espaçadas vezes a acompanha-la. Eu entro a senhora olha para mim com cara de caso e finalmente meio envergonhada diz-me que está a conhecer a minha cara mas não se lembra de onde. Esboço um sorriso e digo que sou filha da X. Acho que se a senhora tivesse um buraco ela se tinha atirado lá para dentro de tão aflita que ficou e balbuciou que assim de cabelo apanhado não foi fácil conhecer-me, que eu ando sempre de cabelo solto e que não percebeu porque razão tinha eu de o ter atado hoje.

Fui a outro sítio, entro e o senhor com quem ia falar fica a olhar para mim igualmente com cara de caso. Diz que me está a conhecer mas não está a ver de onde. Começo a rir e digo que sou filha do Y. Ele começa a rir, olha para mim e diz “eu conheço-te tão bem mas tu não costumas andar assim, tu tens os cabelos compridos e aos caracóis.” Eu concordo e digo que hoje calhou atar o cabelo em vez de o trazer solto e passo-lhe uns papéis que fui levar, entre os quais está um documento com uma foto minha. Ele repara e olhando alternadamente para a foto e para mim corrobora divertido que definitivamente eu de cabelo atado não tenho nada a ver com a foto em que estou de cabelo solto.

Memorando futuro, deixar de andar de cabelo atado.

 

miúda* às 11:57
tags:

=)=)=)=)=)

é a tua imagem de marca!!!!
Rj a 12 de Abril de 2012 às 21:00

Não tenho como fugir dela, acho que cortar curtinho como fiz uma vez está fora de questão :p

Beijinhooo
miúda* a 13 de Abril de 2012 às 02:20

X + Y = miuda*
hehhehehe
HF a 13 de Abril de 2012 às 12:19

ahahah, no ponto xD
miúda* a 13 de Abril de 2012 às 19:59